Em tempos de Páscoa, os chocolates, os coelhos e as ceias ficam em alta, promovendo a parte mais glamurosa do feriado. Entretanto, o real significado da Páscoa é o recomeço, o perdão, já que, segundo os cristãos, foi quando Jesus Cristo ressuscitou após 3 dias de seu sacrifício pela remoção dos pecados do povo da Terra. Esse recomeço buscando uma vida melhor, sem mágoas, visando um futuro mais tranquilo e pacífico é o que faz deste feriado algo tão especial. E esses recomeços já nos renderam histórias maravilhosas nos cinemas. Pensando nisso, o CinePOP separou alguns filmes que podem somar a esse sentimento positivo da Páscoa sobre recomeços. Confira!

A Família do Futuro

Lançado em 2007 sem muito alarde, essa animação da Disney veio em uma época em que o estúdio estava em baixa, sendo varrida das premiações pela coirmã Pixar. Porém, mesmo sem contar com tanto prestígio, o estúdio lançou esse drama futurista sobre a importância da família e de como nossas ações, por menores que sejam, impactam na vida e no futuro dos outros. Para isso, eles nos contam a história de Louis, um órfão brilhante, que é sequestrado por um adolescente do futuro e acaba viajando no tempo com ele. Diante das maravilhas e complicações que ele vê o mundo viver nos 20 anos seguintes, ele retorna para o presente e decide ajudar a construir um futuro melhor para si e para os outros. É divertido, fofo, esperançoso e ainda vai te fazer chorar se assistir desprevenido. Filmaço subestimado que pode ser visto no Disney+.



O Menino que Descobriu o Vento

Dirigido e estrelado por Chiwetel Ejiofor, esse drama baseado numa história real conta a jornada de um menino Malawi autodidata que usa seus conhecimentos e aprendizados para ajudar a região onde mora. Pobres e vítimas de um governo corrupto, o povo passa fome e não tem acesso à energia. Dessa forma, o menino ajuda nos sistemas de irrigação e cria um sistema revolucionário de captação de energia éolica para dar a seus amigos e família uma nova chance de vida com o mínimo de qualidade. Um drama de mão cheia sobre a esperança e a importância da educação no mundo. Está na Netflix.

De Volta Para o Futuro

A adolescência é uma fase complicada. Com o fim da infância e a chegada da vida adulta cada dia mais próxima, os jovens costumam traçar suas perspectivas de futuro baseadas na situação de suas famílias. E esse é o caso de Marty McFly (Michael J. Fox), um menino de Hill Valley que cresceu em uma família frustrada, comum e incrivelmente acomodada. Porém, sua vida muda quando traficantes de plutônio matam seu melhor amigo, o Dr. Brown (Christopher Lloyd), durante um experimento de viagem no tempo. Mandado de volta para os anos 1950, Marty conhece seus pais ainda na adolescência e vai ganhar uma nova chance de mudar de vez a história da família McFly enquanto tenta voltar para o presente/ futuro. Essa aventura clássica está na Netflix.

Aproveite para assistir:



O Show de Truman

Em tempos nos quais o BBB está tão em alta, o conceito de assistir a uma simulação de vida real na televisão pode não ser mais tão chamativo. No entanto, a ideia de O Show de Truman é realmente fantástica. Na trama, acompanhamos o pacato Truman Burbank (Jim Carrey), um vendedor de seguros que começa a desconfiar de sua vida. Depois de muito investigar, ele descobre que sua vida foi gravada por câmeras de TV desde que ele era um bebezinho, como se fosse um Big Brother. Assustado, ele tenta escapar a qualquer custo para tentar levar uma vida normal longe das câmeras e descobrir como é o mundo real. Com esse jeitão meio filosófico e um otimismo sobre-humano para a situação retratada, esse clássico das faculdades de comunicação pode ser conferido na Netflix.

Sing Street: Música e Sonho



Diferentemente da maioria dos outros filmes dessa lista, Sing Street não depende de um baita fenômeno extraordinário acontecendo para que os protagonistas mudem suas vidas e ganhem uma nova chance. E é isso que faz deste filme uma obra tão simples e fantástica. Vivendo em uma família em crise, na qual o irmão mais velho se sente um fracassado e os pais estão à beira de um divórcio, o excluído Conor (Ferdia Walsh-Peelo) conhece a linda e misteriosa Raphina (Lucy Boynton). Como todo protagonista apaixonado, ele tenta encontrar uma forma de chamar a atenção da garota, então decide começar uma banda e a convida para estrelar um videoclipe. Só tem um problema: ele ainda não tem uma banda. Correndo atrás de interessados, Conor sofre bullying de alunos e até mesmo do diretor da escola, além de se sentir largado em casa. Ouvindo os conselhos do irmão, ele consegue formar a banda, compor músicas e chamar a atenção de Raphina. Agora, tentando emplacar alguns sucessos, ele ganha confiança e vai tentar fazer a “Sing Street” acontecer, dando a si um novo sentido na vida. Além de ser divertido e ter um clima oitentista maravilhoso, a trilha sonora original desse filme é uma obra de arte e é bem capaz de inspirar alguns a buscarem essa segunda chance por meio de um sonho. Quem quiser assistir, basta acessar o HBO GO.

Feliz Páscoa, pessoal!

Comentários

Não deixe de assistir:

🚨 INSCREVA-SE NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE 🚨http://bit.ly/CinePOP_Inscreva