quarta-feira, julho 17, 2024

Diretor de ‘Esquadrão Suicida’ se ARREPENDE da tatuagem do Coringa

Através do seu Twitter, o diretor David Ayer revelou que a criticada tatuagem do Coringa (Jared Leto) em ‘Esquadrão Suicida‘ – que traz a palavra Danificado em sua testa – foi uma decisão completamente dele.

O cineasta revelou ter se arrependido da decisão, revelando o conceito original da tatuagem.

“Eu confesso que a tatuagem foi 100% ideia minha. Foi uma escolha minha. A ideia original teria sido ‘Abençoado’, não ‘Danificado’. Agora, tendo dito isso – eu me arrependo desta decisão. Criou uma acrimônia e uma divisão. Nem toda ideia é uma boa ideia. Agora eu vou ficar no cantinho enquanto a internet me detona por esta postagem,” revelou o cineasta.

Anteriormente, o diretor havia revelado novos detalhes do “Ayer Cut”, sua versão do filme.

Em seu perfil oficial no Twitter, Ayer mostrou uma nova arte conceitual em uma cena envolvendo a vilã Magia (Cara Delevigne) e uma aparição do Coringa.

Na legenda, ele escreveu: “É apenas uma arte conceitual. Não é tão sério. A ideia era que a Magia estava alterando a realidade ao seu redor e mudando o ambiente. A imagem do Coringa é uma abordagem simples desse conceito.”

Confira:

Vale lembrar que o cineasta tornou pública a sua insatisfação e explicou que seu corte de ‘Esquadrão Suicida’ foi picotado, alegando que a versão que chegou aos cinemas não foi a que ele planejou.

Após o lançamento, o longa foi duramente criticado pela falta de ritmo e de identidade, apesar do estilo explosivo da condução.

Não deixe de assistir:

Conversando com a EW, Ayer voltou a falar sobre o desejo pelo lançamento do corte original.

“Acredito que os estúdios agora percebem que podem existir versões oficiais e alternativas, e os fãs querem assisti-las. Eles amam os personagens e querem passar mais tempo com eles. As pessoas estão bem mais interessadas em como os filmes são feitos e querem fazer parte dessa jornada. Há espaço para coisas diferentes, versões diferentes, para serem compartilhadas com o público. Acredito que isso ajuda a reforçar nossa conexão com a comunidade. Mas devo dar o crédito para a Warner Bros. por apoiar o Zack [Snyder] e ter a coragem para explorar isso.”

Ele completa, “Eu entendo que faz parte dos negócios, mas é frustrante porque eu realmente fiz um drama profundo e a minha versão foi destruída, pois eles tentaram transformar o filme em um ‘Deadpool’ – o que não era para ser. Então, eu acabo sendo culpado, pois o meu nome está lá. Apesar de não representar o que eu realmente fiz, eu tenho que enfrentar a munição dos críticos e ser um bom soldado. Eu fiz um filme incrível, que acabou assustando os executivos.”

Na época, a ex-presidente e CEO da WarnerMedia, Ann Sarnoff, revelou que eles não pretendiam lançar o Ayer Cut e agora está mais do que claro que a versão jamais será lançada pelo estúdio.

Relembre o trailer de ‘Esquadrão Suicida‘, disponível para streaming na HBO Max e no Prime Video:

Um time dos mais perigosos e encarcerados supervilões são contratados por uma agência secreta do governo, para combater uma poderosa entidade. No entanto, quando eles percebem que não foram escolhidos apenas para ter sucesso, mas também por sua óbvia culpa quando inevitavelmente falharem, terão que decidir se vale a pena ou não continuar correndo risco de morte.

O filme é estrelado por Will Smith, Margot Robbie, Joel Kinnaman, Viola Davis, Jai Courtney, Jay Hernandez, Adewale Akinnuoye-Agbaje, Ike Barinholtz, Scott Eastwood, Cara Delevingne, Adam Beach e Karen Fukuhara.

Mais notícias...

Siga-nos!

2,000,000FãsCurtir
370,000SeguidoresSeguir
1,500,000SeguidoresSeguir
183,000SeguidoresSeguir
158,000InscritosInscrever

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

MATÉRIAS

CRÍTICAS