Os diretores Joe e Anthony Russo iniciaram sua jornada na Marvel Studios em ‘Capitão América: O Soldado Invernal (2014), passando por Capitão América: Guerra Civil (2016), ‘Vingadores: Guerra infinita‘ (2018) e se despediram do público com Vingadores: Ultimato (2019).

Juntos, os quatro títulos renderam mais de US$ 05 bilhões em bilheterias pelo mundo, fazendo da dupla os cineastas de maior sucesso da Marvel e da história do cinema, em termos financeiros.

Mas… Qual será o segredo por trás de todo esse sucesso?

De acordo com o Comic Book, os irmãos são questionados com a mesma pergunta no livro ‘The Story of Marvel Studios: The Making of the Marvel Cinematic Universe’, escrito por Tara Bennett e Paul Terry.



Em uma das seções, os Russo contam que a liberdade criativa, a harmonia e o trabalho em equipe foram os principais ingredientes para deixarem seus nomes marcados na história do estúdio.

“Enquanto trabalhávamos, nós rimos muito e isso é muito importante. Fazíamos piadas enquanto analisávamos o roteiro, enquanto estávamos gravando, descansando… Mas o mais importante é que toda a equipe se apoiava e nã há outra maneira de fazer isso sem a colaboração de todos. Você não pode fazer algo tão significativo quanto os filmes mais caros da história sem esse calor humano. Isso é algo que tivemos a sorte de encontrar aqui”, disse Joe.

Aproveite para assistir:

Anthony acrescenta:

“Não sei se um dia voltaremos a trabalhar [com a Marvel], mas é uma experiência que eu gostaria de reviver. Tudo começa com a paixão do estúdio pelo material de origem [as hqs]. Como um grande fã de quadrinhos, eu fiquei muito satisfeito com a liberdade criativa que tivemos. Por mais difícil que seja fazer filmes como esses, o processo com eles não poderia ter sido mais fácil.”



E aí, você gostaria de ver a dupla assumindo comando de nos filmes da Marvel?

Lembrando que o próximo filme do MCU é ‘Eternos‘, que chega aos cinemas nacionais 04 de novembro.

No Rotten Tomatoes, o longa abriu com 75% de aprovação, com nota 6.30/10 baseada em 48 reviews até o momento. Segundo o consenso geral, o filme é um “ambicioso épico de super-heróis que voa mais alto do que se reprime” e que “leva o MCU em direções intrigantes – e ocasionalmente confusas”.

Confira as principais reações abaixo:

‘Eternos’ pode não ser o pior dos filmes da Marvel, mas é, certamente, o mais decepcionante” – BBC.com.

‘Eternos’ é um ‘Esquadrão Suicida’ da Marvel… Com um final levemente melhor” – Below the Line.

“A experiência dos Eternos na Terra cruza milhares do ano – e, com a ajuda de um forte elenco, [a diretora ChloéZhao rastreia seu desespero e seu maravilhamento como observadores da história” – The Atlantic.



“Você sai [da sala de cinema] com a depressiva compreensão de que assistiu a um dos filmes mais interessantes da Marvel – e, com sorte, o menos interessante que Chloé Zhao fará” – Los Angeles Times.

“Vale a pena assistir apenas para experimentar essa bizarra narrativa” – Uproxx.

Lembrando que o longa-metragem chega aos cinemas nacionais em 04 de novembro.

Eternos‘ segue a jornada de seres quase imortais, produtos da divergência evolucionária que deu origem à raça humana milênios atrás. Os personagens se relacionam com diversos conceitos já introduzidos nos filmes anteriores do universo, desde os Celestiais (que deram as caras em ‘Guardiões da Galáxia‘) até Thanos, cuja própria mãe foi uma de suas vítimas.


O elenco conta também com Salma Hayek (Ajak), Kumail Nanjiani (Kingo), Lauren Ridloff (Makkari), Brian Tyree Henry (Phastos), Lia McHugh (Sprite), Gemma Chan (Sersi), Kit Harington (Cavaleiro Negro), Barry Kheogan (Druig) e Richard Madden (Ikaris).

Não deixe de assistir: