Quem assistiu ‘O esquadrão Suicida‘ sabe que o Pacificador (John Cena) não tem de heroico, apesar do nome.

Tentando promover a ‘paz’ a qualquer custo, o personagem é capaz até mesmo de matar inocentes, incluindo mulheres e crianças, em prol de seus ideais.

E parece que a série de TV dedicada a ele vai explorar bastante essa obsessão.

Enquanto participava de uma conferência para a Television Critics Association, o diretor James Gunn comentou um pouco sobre o conceito da série e disse que o Pacificador não será retratado como um ‘mocinho’.



“O Pacificador é um cara com muitos problemas. Eu não poderia fazer essa série apresentando-o como um cara agradável”, disse ao Collider. Desde o princípio, eu queria contar uma história onde ele tem muito a aprender. Seus pontos fracos são desprezíveis e também há as questões de ignorância e da obediência cega aos interesses do governo dos EUA.”

Ele continuou:

Aproveite para assistir:

“O que eu acho divertido ao trabalhar com vilões é que não precisamos nos preocupar se vamos ferir sua imagem ou não. Ele não é um maldito mocinho, ele é desprezível. Ainda assim, ele tem aspectos interessantes que um mocinho não tem.”

Apesar de não revelar quais são esses aspectos, o filme do Esquadrão já deixou claro que o Pacificador teve um passado um tanto traumático por conta de seu pai.



Então é possível que a trama traga um envolvimento mais pessoal sobre sua trajetória.

E aí, você está curioso para conhecer mais sobre o personagem?

Lembrando que a série vai ganhar mais novidades durante a DC Fandome 2021, evento com atualizações sobre os projetos da DC Comics, que será realizada em 16 de outubro.

Durante uma entrevista para a Variety, Gunn foi questionado se a série seria uma sequência ou uma pré-sequência do filme, deixando claro que será uma mistura das duas:

“Através da história, você vai descobrir de onde veio o Pacificador. Há um momento específico em ‘O Esquadrão Suicida‘ que o Sanguinário fala sobre seu pai e como ele era, e você corta para uma cena do Pacificador concordando com que o Sanguinário diz. Essa é a base de toda a série do Pacificador.”

Ele continuou:



“A série deve mostrar que, apesar de todos os seus atos desprezíveis, o Pacificador não é uma pessoa má, porque ele parece um cara mau e irredimível no filme. Mas acho que há mais nele. Não tivemos a chance de conhecê-lo por inteiro no filme da maneira como conhecemos alguns dos outros personagens. E então é disso que se trata toda a série, é um estudo do personagem. Eu não podia contar tudo isso num filme. Eu precisava de uma série de oito episódios para fazer isso.”

Além de estrelar, Cena também servirá como produtor executivo do projeto.

O elenco ainda contará com Danielle Brooks, Robert PatrickNhut Le e Freddie Stroma, além de trazer o retorno de Steve Agee e Jennifer Holland, que reprisarão seus papéis do filme.

Enquanto não chegam novas atualizações, confira nossa crítica de ‘O Esquadrão Suicida’:


Comentários

Não deixe de assistir: