Antes do lançamento de ‘Logan‘, muitos fãs pediam por um filme do personagem com classificação para maiores, já que o Wolverine nunca mostrava sua fúria nos filmes dos ‘X-Men.

Durante uma entrevista para o Comic Book, o diretor James Mangold tocou no assunto e falou sobre as vantagens de fazer um filme para maiores.

Depois de ‘Deadpool‘, acho que foi mais fácil convencer a Fox de investir num filma do Wolverine voltado para o público adulto. Quando surgiu a oportunidade, eu abri mão do alto orçamento para explorar a liberdade criativa sobre o roteiro. O Wolverine é um personagem violento por natureza, mas não se tratava apenas disso, eu queria mostrar uma versão menos infantil e caricata do velho Logan em seus últimos dias de vida.”

Mangold queria mostrar ao público um olhar mais emotivo do personagem, com uma trama pesada e sentimental, algo que os filmes com classificação livre muitas vezes não permitem.

Vamos ser honestos, eu não fiz esse filme para criança de nove ou dez anos. E quando o filme não é comercializado para crianças, as conversas nos bastidores são menos restritivas, então não há a preocupação em agradar toda a família ou medo de receber críticas em relação ao conteúdo violento. Para um realizador, tudo fica mais descontraído, o que é irônico considerando a ideia que o filme passa.”

Lançada em 2017, ‘Logan foi uma das adaptações de quadrinhos mais simbólicas do cinema, não apenas por marcar a despedida de Hugh Jackman como o herói, mas também por toda sua carga emocional.

Além disso, foi a primeira adaptação de um filme de herói indicada ao Oscar de Melhor Roteiro Adaptado, nos 90 anos de história da premiação.

Aproveite para assistir:

Felizmente, o filme foi um sucesso de crítica e público, arrecadando US$ 619 milhões pelo mundo, a partir de um orçamento de US$ 95 milhões.

Assista nossa crítica:

Comentários

Não deixe de assistir:

SE INSCREVA NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE