Apple TV+ confirmou recentemente que o vindouro thriller Killers of the Flower Moon contratou quatro novos nomes ao seu elenco.

De acordo com um comunicado de imprensa divulgado pela plataforma de streamingTatanka Means (‘Eu Conheço a Verdade’), Michael Abbott Jr. (‘Loving’), Pat Healy (‘Má Educação’) e Scott Shepherd (‘Ponte de Espiões’) farão parte do longa-metragem.

O grupo se junta aos previamente anunciados Jesse PlemonsLeonardo DiCaprioRobert De NiroLily GladstoneWilliam BelleayLouis CancelmiJason IsbellSturgill Simpson.

O longa é baseado no romance best-seller de não-ficção escrito por David Grann.



Em entrevista à Empire, Scorsese admitiu que está lutando para recuperar a mesma centelha de inspiração que teve no ovacionado O Irlandês para o novo projeto.

“Gostei que as pessoas apreciaram [o filme anterior]. Fiquei bem emocionado com isso. Esse COVID, essa pandemia, parou meu processo criativo. Particularmente nos primeiros meses, quando estávamos presos em nossas casas, eliminei boa parte das distrações. Tenho que procurar um modo de recuperar esse impulso criativo para meu novo filme da mesma forma que fiz com O Irlandês. Cortar as cerimônias de premiação, todas essas cosias, e voltar para um quarto, sozinho com um projeto e me perguntando se consigo fazer isso de novo”.

Vale lembrar que a Apple adquiriu os direitos de exibição e de financiamento do longa-metragem ao lado da Paramount Pictures.

Rodrigo Prieto, frequente colaborador de Scorsese, será o diretor de fotografia. 



Killers of the Flower Moon‘ acompanha a jornada da tribo indígena Osage, que vê vários de seus membros assassinados após a descoberta de petróleo sob o solo de sua reserva, na década de 1920. Quando os homicídios tomam proporções gigantescas, agentes do FBI se infiltram na região para expor uma grande conspiração.

Em entrevista ao Collider, o roteirista Eric Roth compartilhou alguns detalhes sobre a obra, comentando que o longa-metragem não é apenas um western de Scorsese, mas uma perspectiva diferente do conhecido gênero.

“Eu sei que Martin está tentando fazer um filme que é provavelmente o último western que seria feito desse jeito e, mesmo assim, com esse incrível documental social por baixo, e a violência e o ambiente. Acho que será igual a nada que tenhamos visto, de certa forma. Esse é um para ficar para as eras, para mim”.

Aproveite para assistir:



Comentários

Não deixe de assistir:

🚨 INSCREVA-SE NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE 🚨http://bit.ly/CinePOP_Inscreva