Diferentemente de suas outras produções, que costumam criar um hype até para lançamento de trailers, o primeiro trailer de Ms. Marvel chegou à internet meio de surpresa, e logo dividiu opiniões dentre os fãs.

Apesar de contar com muitos elementos retirados diretamente dos quadrinhos, principalmente no que envolve o núcleo de coadjuvantes da jovem Kamala Khan (Iman Vellani), o trailer confirmou um temor antigo dos fãs acerca de uma mudança importante num dos aspectos mais marcantes da personagem: seus poderes.

Criada em agosto de 2013, Kamala foi concebida como uma pré-adolescente de Nova Jersey que amava fazer fanfics, era fanática por super-heróis e sofria bullying, principalmente por conta de sua descendência paquistanesa. Esses aspectos fizeram dela um verdadeiro sucesso entre a juventude da época e só ganhou mais fãs conforme foi desenvolvendo sua jornada de super-heroína.



Nos quadrinhos, ela ganha seus poderes após entrar em contato com uma Névoa Terrígena, uma fumaça liberada pelos cristais terrígenos que não afetam as pessoas que não tenham gene inumano. No caso de Kamala, que tinha genes Inumanos adormecidos, ela ganhou a capacidade de esticar seu corpo e alterar completamente sua aparência. Assustada, ela acaba assumindo a aparência de sua super-heroína favorita, a Capitã Marvel, e assim começa sua vida no mundo dos heróis.

Aproveite para assistir:



Com o tempo, ela vai conhecendo e interagindo com seus ídolos, mas mesmo sendo capaz de coisas fantásticas, a menina segue com as inseguranças normais da idade. Nesse ponto, as mudanças corporais e todas as bizarrices pelas quais o corpo passa nessa idade são representadas nos próprios poderes da Ms. Marvel. Uma das coisas mais legais da personagem nos quadrinhos é como sua jornada de aceitação como super-heroína e como pessoa caminham lado a lado, fazendo analogias incríveis. É estranho ver a Kamala com essas mãozonas? É, mas tudo bem. Crescer é estranho. Faz parte.

Na série, porém, seus poderes de expansão e transformação corporal parecem ter sido deixados de lado. O boato de que Kamala teria novas habilidades surgiram em 2021, quando o diretor da produção, Bilall Fallah, compartilhou a primeira arte conceitual da protagonista, que mostrava ela com seu uniforme e com o punho envolvido por um tipo de energia roxa.


Na época, que coincidiu com os anúncios do novo Quarteto Fantástico, os fãs especularam que tal mudança seria para evitar confusões com Reed Richards, o Senhor Fantástico, que tem os poderes elásticos como uma de suas marcas registradas. Porém, até que ponto isso faria algum tipo de sentido? Porque ter personagens com poderes parecidos nunca foi um problema no MCU. Caso contrário, o Máquina de Combate (Don Cheadle), o Soldado Invernal (Sebastian Stan) e A Poderosa Thor (Natalie Portman) jamais deveriam aparecer nos filmes e séries.

Pelo que indica o trailer, seus poderes agora virão de braceletes que expelem uma energia roxa capaz de criar armas de impacto, mais ou menos como o anel do Lanterna Verde. Ainda não se sabe se a origem inumana da personagem será mantida, já que os personagens chegaram a ser introduzidos no MCU em uma época na qual os X-Men pareciam um sonho distante. Para piorar, a série Inumanos foi um fracasso tão grande, que nem faz mais parte do cânone do Universo Cinematográfico Marvel.

Ou seja, existe a possibilidade que essa mudança de poderes esteja ligada a um possível apagamento da franquia desse universo. Por outro lado, pode ser que eles mantenham a origem inumana da personagem e só esteja usando essa primeira temporada como um teste de aceitação da Kamala. Dessa forma, talvez justifiquem esse bracelete como um canalizador dos poderes inumanos da personagem, uma herança de família para controlar suas habilidades até que ela saiba como usar plenamente seus novos poderes. É possível.


Fato é que essa primeira impressão deixada pelo trailer não foi exatamente positiva para todo mundo. Não só porque os poderes, parte importante de sua personalidade, aparentemente foram mudados, mas também pelo clima da série, que parece tentar replicar aquela trama batida de filme adolescente dos anos 80, tipo A Vingança dos Nerds.

Isso porque outra parte importante da personagem nas HQs é sua representatividade. Sua origem e tradições paquistanesas são parte fundamental de Kamala Khan, que é mais alvo de bullying pelo preconceito do que por seus gostos adolescentes. No trailer, ele aparece sendo alvo de piadas por ser nerd, por usas camisas de heróis. Apesar de ser engraçadinho, preocupou os fãs. Será um tiro no pé se trocarem a dificuldade de aceitação por conta do preconceito por um simples bullying de “nerdices”. Há também uma preocupação de que a religiosidade da personagem não seja tratada de forma respeitosa, funcionando quase como um empecilho para a jornada de Kamala Khan na série.

Seja como for, por enquanto, isso é quase tudo especulação. Então, vale esperar até 8 de junho de 2022, quando a série começará a ser exibida no Disney+.


Não deixe de assistir: