2019 está chegando ao fim e nós aqui do CinePop já mostramos para vocês os melhores filmes e as melhores séries do ano, só que é claaaro que a gente ia fazer também a lista dos melhores filmes nacionais, afinal, 2019 foi o ano do cinema brasileiro e tivemos filmes novos em cartaz todos os meses do ano! Será que você assistiu a todos?

  1. De Pernas Pro Ar 3

Sete anos após o último filme, a franquia ‘De Pernas Pro Ar’ ganhou mais um capítulo, trazendo uma história bastante pertinente ao mostrar o choque de gerações e de técnicas nos produtos para sex shop – tudo com muito humor e irreverência, que são a assinatura de Ingrid Guimarães.

  1. Ela Disse, Ele Disse

A comédia juvenil estrelada por Maísa estreou espremida no calendário cinematográfico, mas quem viu o filme se divertiu e se identificou bastante com a adolescente tímida que muda de escola, conhece o primeiro amor e tem que lidar com a bonitona que parece ser amiga, mas no fundo é falsiane. O filme já está disponível no NOW.

Aproveite para assistir:



  1. Morto Não Fala

2019 foi o ano dos filmes de gênero brasileiro, e ‘Morto Não Fala’ é uma das gratas surpresas que estreou nos cinemas este ano, trazendo Daniel de Oliveira no papel de um plantonista noturno de um necrotério que tem o dom paranormal de ouvir as confissões dos mortos com quem trabalha – e os relatos são bem macabros. Para os fãs de terror, ‘Morto Não Fala’ é uma ótima pedida, e está passando direto no Canal Brasil.

  1. Torre das Donzelas

O documentário de Susanna Lira traz o depoimento emocionante de mulheres encarceradas durante a ditadura militar na conhecida penitenciária ‘Torre das Donzelas’. Os relatos mostram as dificuldades que essas mulheres enfrentaram não só dentro da prisão, mas também fora dela, e como todas essas mulheres, acima de tudo, resistiram muito para sobreviver.

  1. Divino Amor

A distopia que beira o fanatismo do longa de Gabriel Mascaro é o mote da personagem Joana (a sempre incrível Dira Paes), uma escrivã de cartório que busca reverter a decisão de casais que querem se divorciar, induzindo-os a participarem de uma terapia religiosa chamada ‘Divino Amor’, através da qual eles se reconectariam com o amor.

  1. Rogéria: Senhor Astolfo Barroso de Pinto

Poucas pessoas conseguiram assistir a esse filme, que ficou pouquíssimo tempo em cartaz, porém, quem viu ‘Rogéria: Senhor Astolfo Barroso de Pinto’ saiu da sala de cinema maravilhado com a construção de Pedro Gui para contar a história da “travesti da família brasileira”. É um filme realmente emocionante, que conta a trajetória de Astolfo e de Rogéria, mas também mostra a história das travestis brasileiras dentro e fora do país.

  1. Turma da Mônica: Laços

O tão aguardado live action da turminha mais famosa do Brasil não decepcionou os fãs, trazendo uma historinha fofinha com Mônica, Cebolinha, Cascão e Magali, mostrando como nossos queridos personagens evoluíram com o tempo, mas mantiveram sua essência. ‘Laços’ é um filme fofo que agrada crianças de 8 a 80 anos, e ‘Lições’ já está vindo aí nos cinemas em 2020!

  1. Democracia em Vertigem

O documentário de Petra Costa acompanha o primeiro mandato de Lula na presidência até o momento do impeachment de Dilma Rousseff. Eleito um dos melhores filmes do ano por muitas listas internacionais – inclusive do New York Times –, o longa foi aplaudido em Sundance este ano e está disponível na Netflix. Ah, e é o único filme brasileiro ainda com chances de chegar à restrita lista de indicados ao Oscar 2020.

  1. A Vida Invisível

Candidato brasileiro para o Oscar de Filme Estrangeiro, infelizmente ficou de fora da lista prévia, porém isso não tira o mérito desse grande filme protagonizado por duas atrizes incríveis, que retrata com melancolia e desesperança o cotidiano de duas irmãs que se gostavam muito, mas que foram forçadamente afastadas por conta do patriarcado. Quem ainda não viu, corre que ainda está em cartaz!

  1. Bacurau

É claro que o melhor filme nacional do ano é ‘Bacurau’, que levou quase um milhão de espectadores aos cinemas para torcer pela população de uma cidadezinha que corria o risco de ser apagada pelo mapa. ‘Bacurau’ foi uma das maiores bilheterias nacionais do ano, se tornou o queridinho de muita gente e ocupou lugar especial no coração dos brasileiros, mesmo não sendo o representante do país na corrida pelo Oscar.

Não deixe de assistir:


SE INSCREVA NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE