J.K. Rowling, autora da saga ‘Harry Potter‘, vem recebendo diversas críticas e ataques pessoas em suas redes sociais desde que fez polêmicas declarações contra a comunidade LGBTQ+.

Para quem não se lembra, Rowling escreveu no Twitter que se nega a reconhecer mulheres trans como mulheres de verdade porque passou os últimos três anos lendo livros e artigos científicos sobre o assunto, mas se mostra confusa ao distinguir a diferença entre os conceitos de ‘sexo’ e ‘gênero’.

Ela também disse que a exposição de propagandas com casais gays é uma má influência para crianças e adolescentes, o que gerou as críticas por parte de seus seguidores.

No entanto, Ralph Fiennes, intérprete do Lord Voldemort no cinema, disse que não entende porque as pessoas ainda estão criticando a autora.



Em entrevista para o The Telegraph, o astro argumentou:

“Eu não consigo entender os comentários ácidos dirigidos a Rowling. Posso entender o calor de uma discussão, mas acho irracional essa era de acusação e a necessidade de condenar e apontar o dedo. Ela pode ter dito algo há meses, por que isso continua sendo revivido?”

Aproveite para assistir:

Ele acrescentou:

“Acho perturbador o nível de ódio que as pessoas expressam sobre pontos de vista diferentes dos deles e a violência da linguagem usada para atacar as pessoas na internet.”



Anteriormente, Bonnie Wright, intérprete de Gina Weasley, compartilhou sua solidariedade aos fãs da comunidade trans, dizendo:

“Se ‘Harry Potter‘ era uma fonte de amor e pertencimento para vocês, esse amor é infinito e existe para ser tratado sem julgamentos ou questionamentos. As mulheres trans são mulheres. Eu enxergo e amo vocês. Bonnie.”

Confira:

Daniel Radcliffe, protagonista dos filmes, também rebateu os comentários de Rowling ao afirmar que:

“Mulheres transgênero são mulheres. Qualquer declaração contrária a isso apaga a identidade e dignidade das pessoas trans e vai contra o indicado pelos profissionais da saúde que têm muito mais domínio no assunto do que eu e a J.K. Rowling.”

O astro se manifestou através do site The Trevor Project, que representa uma organização sem fins lucrativos com o objetivo de informar e prevenir o suicídio entre jovens LGBTs.



Além da dupla, Emma Watson (Hermione Granger), Katie Leung (Cho Chang), e Eddie Redmay (Newt Scamander ) também se manifestaram contra os comentários da autora.

E, apesar de afirmar que não é contra a liberdade de gênero, J.K. Rowling já admitiu que é leitora de sites anti-trans.

Há alguns anos, ela também foi duramente criticada por compartilhar trechos de entrevistas tentando minimizar a luta da comunidade transgênero.

Comentários

Não deixe de assistir: