Desde que foi anunciado o revival de ‘Sex and the City‘, intitulado ‘And Just Like That‘, os fãs continuam se perguntando por que a personagem Samantha Jones (Kim Cattrall) não vai participar do especial.

Acontece que Cattrall disse em meados de 2017 que nunca foi amiga de seus colegas de elenco e que os relacionamentos no set eram tóxicos, segundo o Just Jared.

Na época, foi dito que Cattrall era a razão pela qual um terceiro filme nunca se concretizou.

Já no início de 2018, o irmão de Kim faleceu repentinamente e Sarah Jessica Parker comentou a publicação de Kim no Instagram, expressando seus sentimentos.



O comentário parecia ter consertando o relacionamento rompido. No entanto, Kim atacou Parker, acusando-a de ‘explorar’ a tragédia de sua família.

Após o comentário de Parker, Cattrall respondeu:

Aproveite para assistir:

“Então, estou escrevendo para dizer-lhe uma última vez que pare de explorar nossa tragédia a fim de restaurar sua personalidade de ‘garota legal’.”

Desde então, o clima ficou pesado entre as duas, mas Parker afirma que não tem nada contra a colega e diversos membros do elenco já saíram em defesa de Parker.



Recentemente, Chris Noth, que trabalhou com as atrizes na série, conversou com o The Guardian sobre a polêmica.

“Eu tenho que te dizer, eu não tenho absolutamente nenhuma ideia do que ela [Kim] pensa ou quais são suas emoções. Eu sei que sou muito próximo a Sarah e as descrições [de Cattrall] dela nem chegam perto. Eu gostava dela, achei ela maravilhosa na série e algumas pessoas seguem em frente por motivos próprios. Eu não sei quais eram os dela. Eu só queria que tudo isso nunca tivesse acontecido porque foi triste e desconfortável.”

Ele continuou:

“Eu só não gosto de ver ninguém falando mal de Sarah porque ela é um alvo e as pessoas podem ser desagradáveis. Eu me sinto muito protetor com ela e não fiquei feliz com isso. É tudo o que direi sobre isso.”

Apesar de tudo, Sarah Jessica Parker lamentou a ausência da colega do revival em seu perfil do Instagram.

“Teremos mais 10 episódios de ‘Sex and the City, mas Samantha Jones não fará mais parte da história. Mesmo assim, ela sempre estará conosco”, disse a atriz em resposta a um fã.

Anteriormente, Casey Bloys, diretor de conteúdo da HBO Max, foi questionado sobre o assunto e tentou reverter a situação com uma reposta evasiva.



“Assim como na vida real, há pessoas que entram e saem das nossas vidas. Algumas voltam, outras não. Velhas amizades desaparecem e novas amizades surgem, é o ciclo da vida.”

Ele continuou:

“Estamos tentando contar uma história honesta sobre ser uma mulher na casa dos 50 anos em Nova York. Portanto, tudo deve parecer natural, já que os amigos que você tem aos 30 podem não estar presentes quando você tiver 50.”

Confira o 1º teaser do revival:


Além de Parker, o revival contará com o retorno de Cynthia Nixon e Kristin Davis, que não só irão estrelar, como também serão produtoras da série.

Michael Patrick King, roteirista, diretor e produtor executivo de ‘Sex and the City‘, retorna na mesma função de produtor.

“A série acompanha Carrie, Miranda e Charlotte à medida em que elas navegam pela complicada jornada da vida e da sua amizade de quando estavam no auge dos seus 30 anos, agora para uma fase ainda mais complicada no auge dos seus 50 anos”.

Rumores apontam que o novos episódios terão um enredo mais consciente sobre raça e política, além de se manterem um pouco mais conectados com o mundo real.

Criada por Darren Star (hoje à frente de ‘Emily em Paris‘), a série original contou com seis temporadas, exibidas entre os anos de 1998 e 2004 na HBO.

A trama acompanha quatro amigas que lidavam com a vida de solteiras em Nova York no final dos anos 1990, enquanto uma delas relata suas experiências em uma coluna jornalística.

Já nos cinemas, ‘Sex and the City‘ arrecadou US$ 415 milhões mundialmente, enquanto a sequência alcançou US$ 280 milhões.

COMENTÁRIOS

Não deixe de assistir: