Quando se pensa em 2011, dezenas de blockbusters competentíssimos foram lançados, assim como vários filmes premiados e louvados pela crítica internacional. Porém, em meio a esses longas, tivemos diversas histórias incríveis que chegaram aos cinemas brasileiros na década passada e não conseguiram tanto destaque quanto os concorrentes. Pensando nisso, selecionamos alguns deles para você conferir neste fim de semana.

Confira a lista:

Uma Manhã Gloriosa

Tudo nesse projeto é grandioso. Produzido por J.J. Abrams e estrelado por Rachel McAdams, Harrison Ford e Diane Keaton, contando ainda com Jeff Goldblum e Patrick Wilson no elenco, esse filme se passa nos bastidores de um jornal matinal televisivo que existe há quase 50 anos, mas que agora convive com o ostracismo. Então, Becky (McAdams), uma jovem produtora é contratada para tentar resolver esse problema. Só que ela encontra uma brecha no contrato de Mike (Ford), um premiado repórter de guerra que estava na “geladeira” do canal, e praticamente o obriga a apresentar a nova versão do matinal. Só que considera aquilo uma grande queda em sua carreira e começa a atazanar a equipe nos bastidores e ao vivo com seu jeito rabugento e arrogante, transformando a vida de todos em um inferno. É um filme divertido sobre jornalismo e consegue transmitir bem como são os bastidores e o ritmo frenético de um programa ao vivo.



 

Um Conto Chinês

Essa produção argentina/ espanhola é espetacular. Estrelada por Ricardo Darín, essa comédia dramática fala sobre a improvável amizade entre Roberto (Darín), um veterano mau humorado da Guerra das Malvinas, que vive em Buenos Aires e nutre o hobby de colecionar notícias estranhas, e Jun (Ignacio Huang) um jovem chinês viúvo que foi até a Argentina para encontrar seu último parente vivo. O problema é que ele não sabe falar nada em espanhol, o que resulta em uma série de desgraças para o menino em terras hermanas. Suas histórias se cruzam quando Jun, após ser assaltado por um taxista, é despejado na porta de Roberto. Com pena do garoto, mas receoso, o ex-veterano deixa ele ficar na casa dele até a polícia chegar. E assim se inicia uma aventura dramática hilária entre esses dois opostos.

 



Compramos Um Zoológico

Dirigido por Cameron Crowe, esse drama/ Feel-Good Movie adapta uma história real sob uma perspectiva mais infantil de um pai (Matt Damon) cuja esposa faleceu. Então, junto aos filhos pequenos, ele decide retomar o controle de sua vida comprando um zoológico quase abandonado. Só que, como era de se esperar, ele não tem a menor ideia do que está fazendo, o que causa alguns problemas. O filme também conta com a presença de Scarlett Johansson no papel de uma das funcionárias do zoo. Em outras palavras: não é um longa revolucionário nem inovador, mas ele tem uma história curiosa e uma mensagem importante. Afinal, o que você faria em 20 segundos de coragem insana?

Aproveite para assistir:



 

Sem Limites

A premissa do que poderíamos fazer caso atingíssemos todo o potencial do cérebro humano já é meio batida, mas ainda não tinha saturado há dez anos. Nesta trama, acompanhamos a trajetória de Eddie Morra (Bradley Cooper), um escritor que está frustrado por não conseguir superar um duradouro bloqueio criativo. Isso muda quando ele se encontra com o ex-cunhado, que oferece uma droga capaz de expandir a capacidade cerebral. Eddie aceita meio receoso, mas toma o remédio mesmo assim. Seu raciocínio melhora na hora e o bloqueio criativo simplesmente desaparece. E quanto mais ele toma a droga, mais habilidades e agilidade no raciocínio ele consegue, elevando sua carreira a um estrelato fenomenal. No entanto, isso desperta o interesse de Carl (Robert De Niro), um empresário que quer contar com os serviços de Eddie. E nessa época, o escritor já está completamente viciado na droga, que é finita e demanda consumo diário para manter aquele ritmo de funcionamento frenético do cérebro. É um suspense com ação de mão cheia.

 

Gigantes de Aço 



E se Rocky Balboa fosse ambientado no universo de Eu, Robô? Pode parecer bobo, mas é uma forma bem competente de descrever Gigantes de Aço, um filme sobre um ex-lutador de boxe (Hugh Jackman) que trabalha agora no mercado das lutas de robôs – um fenômeno no longínquo ano de 2020 -, mas está longe de repetir seu sucesso nos ringues. A situação muda de vez quando ele precisa passar um tempo com o filho, que nunca teve contato com o pai. Juntos, eles encontram Atom, um simpático robozinho que imita, memoriza e repete movimentos que vê. Dessa forma, Atom é “treinado” com movimentos clássicos das antigas lutas de boxe e começa a crescer no cenário da Liga Nacional de luta de robôs. É uma aventura família muito cativante e com uma atuação honestíssima do nosso eterno Wolverine.

 

Comentários

Não deixe de assistir:

🚨 INSCREVA-SE NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE 🚨http://bit.ly/CinePOP_Inscreva