O cineasta James Wan se tornou uma figura fundamental para o renascimento do gênero de terror, com a franquia de ‘Jogos Mortais‘, ‘Invocação do Mal‘ e ‘Sobrenatural‘.

Agora, ele aposta em um terror bastante diferente com ‘Maligno‘ (Malignant), um filme de terror que faz homenagem aos giallo movies.

As primeiras críticas ao terror foram divulgadas, e são mistas para positivas.

Confira:



“Há uma infeliz falta de sustos ou tensão em Maligno, apesar de Wan nos deslumbrar com imagens oníricas e mortes horríveis. Esse problema é posto de lado, no entanto, quando a cortina é finalmente levantada para revelar a verdade deliciosamente macabra. O que se segue é um clímax frenético e respingado de sangue de ação ultrajante e violência, impulsionado por uma revelação de cair o queixo tão ridiculamente audaciosa que é.

Pode-se argumentar que Wan espera muito tempo antes de mostrar sua mão, e Maligno certamente poderia se beneficiar perdendo 15 minutos ou mais com sua acumulação excessivamente laboriosa. Mas o final é tão desafiadoramente demente e executado com tanta confiança e comprometimento que qualquer dor e sofrimento do que vem antes é rapidamente esquecido.”, James Marsh (SCMP).

Aproveite para assistir:

“Com a chegada das primeiras sequências de assassinato, o filme desliza, não apenas para os territórios do giallo mais sangrento – tanto as doses generosas de hemoglobina quanto a trama policial poderiam ser facilmente relacionadas a Jogos Mortais, então é um terreno diferente que o diretor sabe e domina – que Dario Argento ou Lucio Fulci aplaudiriam ferozmente, sem dúvida, com um assassino de aparência grotesca, armado com sua arma de facada característica.

O que realmente prevalece é uma história que, dentro de suas abordagens malucas, está perfeitamente montada e é capaz de oferecer um catálogo formidável de centas memoráveis”, José Martín León (Eam). 



E em uma recente entrevista à revista EW, Wan revelou porque decidiu voltar para o terror sobrenatural, após um estrondoso sucesso no cinema mainstream e blockbuster. Para ele, existe um limite de quantos filmes de censura baixa ele é capaz de fazer, sem se sentir entediado.

“Logo depois de ‘Aquaman 1‘, eu sabia que estava pulando para ‘Aquaman 2‘ em algum momento, mas precisava fazer uma pequena pausa, precisava clarear minha paleta de filmes. Há um limite de filmes PG-13 que posso fazer sem que eu fique entediado com eles. Eu queria voltar para o tipo de filme que costumava fazer e que não faço há um tempo. As franquias ‘Invocação‘ e ‘Sobrenatural são tão fantasmagóricas e sobrenaturais e jogam em um nível diferente de terror. Sinceramente, sinto falta dos meus dias de ‘Jogos Mortais‘, de ‘Sentença de Morte‘ e de ‘Gritos Mortais‘ e queria fazer isso de novo. Eu me diverti muito fazendo esses filmes. Minha carreira meio que ditou o tipo de filme que eu deveria fazer agora. Mas eu pensei: ‘Quer saber, eu sei que estou voltando para ‘Aquaman 2‘, então por que não aproveito esta oportunidade agora?”

Confira o trailer legendado:

Lembrando que o filme estreia nos cinemas nacionais em 9 de setembro.

Com roteiro de Wan, Ingrid Bisu e Akela Cooper, a história gira em torno de Madison (Annabelle Wallis), uma mulher que continua tendo visões terríveis de assassinatos que estão realmente acontecendo. Mais do que isso, tudo indica que os crimes foram cometidos por seu amigo imaginário de infância.

O terror irá se afastar da temática sobrenatural e dará lugar a uma trama de investigação e suspense, aos moldes do subgênero Giallo Film, que surgiram na Itália e serviram de modelo para slashers como ‘Pânico‘ e ‘Halloween‘.



O elenco ainda conta com Maddie HassonMckenna Grace, Jake AbelGeorge YoungIngrid BisuMichole Briana White e Jacqueline McKenzie.

Comentários

Não deixe de assistir: