2021 é um ano de celebração – tanto pelos ótimos títulos lançados no cinema quanto pelos clássicos que fazem aniversário. E um deles é o lendário e revolucionário O Senhor dos Anéis: A Sociedade do Anel’.

Lançado há vinte anos, a primeira iteração da icônica trilogia de Peter Jackson funciona como adaptação do romance homônimo de J.R.R. Tolkien, e leva o público à fantástica e perigosa Terra-Média. A narrativa é centrada em Frodo Bolseiro (Elijah Wood), um jovem hobbit que tem a missão de levar o Um Anel, objeto de extrema cobiça pelo maligno Sauron, à Montanha da Perdição e destruí-lo de uma vez por todas.

Contando com nomes como Ian McKellenLiv TylerViggo MortensenSean AstinCate BlanchettSean BeanIan HolmChristopher LeeOrlando Bloom e vários outros, o longa foi ovacionado pela crítica especializada e pelo público, ambos considerando-o como um divisor de águas no gênero de fantasia no cenário cinematográfico. ‘A Sociedade do Anel’ conquistou 13 indicações ao Oscar, incluindo Melhor Filme, levando quatro estatuetas para casa, e arrecadou quase US$900 milhões mundialmente.

Para celebrar seu iminente aniversário, o CinePOP preparou uma lista com várias curiosidades de bastidores, que você confere abaixo:



  • Lee, que interpretou Saruman no filme, revelou que leu a trilogia de Tolkien uma vez ao ano até falecer em 2015 – e fez isso desde a publicação do primeiro livro. Ele também é o único membro do elenco e da equipe criativa a ter conhecido Tolkien.
  • Jackson deu um dos anéis utilizados no filme a Wood e a Andy Serkis (Gollum/Smeagol) como presente quando as filmagens terminaram. Ambos acreditavam que tinham o original.

Aproveite para assistir:

  • O doloroso encontro de Gandalf com o teto da casa de Bilbo Bolseiro não estava no roteiro. McKellen, que viveu o poderoso mago, bateu a testa acidentalmente. Jackson disse que McKellen havia feito um ótimo trabalho navegando pelo “erro” e resolveu manter a cena no corte final.
  • O elenco normalmente tinha que viajar para locações remotas através de helicópteros. Bean, que interpretou Boromir, morria de medo de voar e só o fazia quando absolutamente necessário. Quando rodavam as cenas da Sociedade cruzando as montanhas nevadas, ele passava duas horas toda manhã escalando da base da montanha ao set, já vestido como Boromir.

  • Apesar de interpretar um anão, John Rhys-Davies (Gimli) era o membro mais alto do grupo que formava a Sociedade, com 1,85m de altura.
  • Os diálogos élficos no filme não eram apenas citações do livro, mas sim construções derivadas do próprio dicionário limitado que Tolkien lançara sobre a língua. O instrutor de dialetos Andrew Jack utilizou gravações do autor lendo os romances originais para guiar os atores e as atrizes na hora da pronunciação.
  • ‘A Sociedade do Anel’ e a sequência lançada em 2002, ‘As Duas Torres’, foram rodadas simultaneamente. As gravações levaram, juntas, um tempo recorde de 274 dias através de dezesseis meses, o mesmo tempo de filmagens de ‘Apocalypse Now’, de 1979.



  • Mortensen (Aragorn), que é fluente em inglês, espanhol e dinamarquês, pediu para que o roteiro fosse revisado, a fim de que seu personagem tivesse mais falas em élfico.
  • Bloom conseguiu o papel de Legolas dois dias antes de terminar seus estudos na escola de teatro.
  • Mortensen foi elencado na produção quando já estava sendo rodada, nunca tido conhecido Jackson ou lido os livros de Tolkien. Foi seu filho Henry mortensen, com onze anos à época, que fez toda a pesquisa e que convenceu o ator a assinar o contrato para viver Aragorn.
COMENTÁRIOS

Não deixe de assistir: