domingo, julho 21, 2024

Documentário revela batidas MISTERIOSAS no submarino Titan e pode reabrir debate sobre o que aconteceu

No ano passado, um dos assuntos mais comentados pelo mundo foi a desastrosa viagem do Titan, um submarino da Ocean Gate que implodiu com cinco tripulantes a bordo enquanto tentava procurar os restos do naufrágio do Titanic.

Por conta da pressão da água no Oceano Atlântico, o veículo acabou sucumbindo assim que ganhou profundidade, tendo sua composição esmagada instantaneamente.

Agora, um documentário exibido pela emissora britânica Channel 5 revela detalhes sobre os momento que antecederam a viagem até o trágico dia do acidente.

Intitulada ‘Minute By Minute: The Titan Sub Disaster’, a produção também tem o objetivo de esclarecer o mistério por trás dos sons que se assemelhavam a batidas repetitivas detectadas no terceiro dia de buscas pelo submarino por captores de ruídos de aviões canadenses que sobrevoavam o local durante a busca pelo veículo.

Obtido com exclusividade pela emissora, o som foi um dos motivos que fez as famílias dos tripulantes acreditarem que eles tentavam se comunicar através de código morse, uma espécie de sinal codificado enviado de modo intermitente para representar as letras do alfabeto.

Isso porque, no segundo dia de buscas, surgiram rumores de que o som das batidas começaram a se repetir em intervalos de 30 minutos nas profundezas do oceano.

Infelizmente, o ganho de profundidade do submarino foi tão rápido, que a implosão foi instantânea e os destroços foram encontrados no terceiro dia de buscas.

Inclusive, a investigação iniciada pela Guarda Costeira dos Estados Unidos aponta que os tripulantes nem sequer sentiram os efeitos do acidente, morrendo em questão de milissegundos.

Por enquanto, ‘Minute By Minute: The Titan Sub Disaster‘ ainda não está disponível fora do Reino do Unido.

Mais notícias...

Siga-nos!

2,000,000FãsCurtir
370,000SeguidoresSeguir
1,500,000SeguidoresSeguir
183,000SeguidoresSeguir
158,000InscritosInscrever

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

MATÉRIAS

CRÍTICAS