A partir do próximo dia 12, a Globo irá exibir o primeiro episódio do documentário que explora partes da vida da vereadora Marielle Franco, desde sua adolescência, gravidez, formação como socióloga e ativista dos direitos humanos.

Além disso, a produção reforça as perguntas sobre o assassinato de Marielle, vítima de uma execução ocorrida em 14 de março de 2018, no Rio de Janeiro.

Um dos principais focos será a reconstrução dos passos de Ronnie Lessa, o atirador de elite da polícia militar acusado como responsável pelos disparos que atingiram a vereadora e seu motorista, Anderson Gomes.



O documentário também vai abordar aspectos sentimentais, como o momento em que Anderson descobre que seria pai e como sua esposa passou a cuidar sozinha do filho, portador de uma síndrome genética.

Lembrando que o documentário terá seis episódios, que estarão disponíveis no Globoplay logo após a exibição do primeiro capítulo na rede aberta.

Assista à chamada:

Além do documentário, a Globoplay irá produzir uma série de TV inspirada na trajetória de Marielle e será dirigida pelo renomado José Padilha, responsável por grandes sucessos, como ‘Tropla de Elite’, ‘Narcos’, e ‘O Mecanismo‘.

Aproveite para assistir:





Também foi dito que a ideia partiu da roteirista Antonia Pellegrino (‘Tim Maia’), que irá escrever a trama ao lado de George Moura (‘Onde Nascem os Fortes’).

Com duas temporadas planejadas, a série deve servir como uma biografia de Marielle, passando por sua ascensão na política até seu assassinato, e terminando com as investigações do crime.

Em entrevista para o portal, Padilha disse que deu uma pausa em projetos estrangeiros para se dedicar à história de Marielle.

“Eu tinha vários projetos nos EUA andando com FX, Showtime, mas parei eles para esse projeto, que é onde está meu coração.”

Prevista para 2021, a série deve começar a ser rodada a partir do segundo semestre de 2020.

Comentários

Não deixe de assistir:

SE INSCREVA NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE