A vindoura série LGBTQ+ da Netflix, estrelada por Neil Patrick Harris e intitulada ‘Uncoupled‘, foi alvo de uma grande polêmica recentemente.

De acordo com a Variety, uma de suas personagens fora removida da produção por ter sido considerada “ofensiva e depreciativa” pela atriz Ada Maris, que havia feito o teste de elenco para interpretá-la.

Maris estava sendo cotada para dar vida à empregada doméstica do personagem Michael (Harris), uma mulher latina chamada Carmen.

No entanto, durante a roda de leitura do roteiro da série, a atriz foi surpreendida pela construção estereotipada da personagem em questão. Em uma entrevista à publicação, ela ponderou sobre como a personagem trazia aspectos racistas.



“Não era nem engraçado. Era ofensivo e depreciativo. Eu fiquei chocada porque entrei esperando algo completamente diferente, considerando a forma como as coisas estão hoje em dia e o progresso que já fizemos”.

Maris já participou de séries populares como ‘Nurses‘ e ‘Mayans M.C.’.

Vale lembrar que a série ‘Uncoupled‘ é uma criação de Darren Star, o mesmo responsável por ‘Sex and the City‘ e ‘Emily in Paris‘. A última recebeu fortes acusações, por ser considerada ofensiva para o povo francês. A produção repete uma sucessão de estereótipos preconceituosos do país europeu e de sua nação, reproduzindo uma visão distorcida e equivocada.

Aproveite para assistir:

A trama de Uncoupled irá girar em torno de Michael (Harris), cuja vida aparentemente perfeita vira de cabeça para baixo quando seu marido inesperadamente o deixa após 17 anos. De repente, Michael precisa enfrentar dois pesadelos: perder quem ele pensou ser sua alma gêmea e encarar uma nova vida como um gay solteiro de 40 e poucos anos em Nova York.

Além de estrelar, Harris também servirá como produtor executivo do projeto, assim como o Star e o cocriador Jeffrey Richman (‘Modern Family’).



As filmagens estão programadas para começar ainda em 2021, em Nova York.

COMENTÁRIOS

Não deixe de assistir: