quarta-feira, julho 17, 2024

Só Nostalgia! Os Filmes de Ação Policial Mais Queridos dos anos 80! É Tiro, Porrada e Bomba com Gosto!

Aqui no CinePOP adoramos a nostalgia dos anos 80. Acontece que a tão querida década está de volta com força total, aguçando a curiosidade dos mais novos sobre o que de fato foi a época. Mas não apenas isso, como também serve como uma volta no tempo para os fãs mais velhos que de fato viveram a época, e jamais foram capazes de esquecê-la. E por que a década de 80 é tão especial hoje, mais que outros anos do passado? É simples. O motivo é que os anos 80 foram responsáveis pela criação dos chamados blockbusters, filmes de entretenimento que ajudaram a moldar o que temos hoje em matéria de superproduções. Com alguns filmes jamais saindo do imaginário da cultura pop, vide ‘De Volta para o Futuro’, ‘Star Wars’, ‘Indiana Jones’ e ‘Karatê Kid’, por exemplo.

Porém, um gênero que igualmente fez enorme sucesso nos anos 80 foi o dos filmes de ação policial. Neste tipo de produção, em geral tínhamos um policial heroico desmantelando organizações criminosas com muito tiro, porrada e bomba. Quem cresceu na época guarda com carinho esses filmes considerados hoje politicamente incorretos. E aqui, nesta nova matéria, selecionamos os mais memoráveis para você. Confira.

Duro de Matar (1988)

Um dos filmes de ação mais queridos dos fãs, não apenas dos anos 80, como também da história do cinema. ‘Duro de Matar’ transcende inclusive o gênero “filme policial”, já que é um espetáculo da ação mais próximo a um blockbuster. Seja como for, o personagem principal aqui é um policial de Nova York tentando salvar seu casamento e para isso precisando ir até Los Angeles para encontrar a esposa. No meio dessa história pessoal, se depara com um sequestro terrorista em um enorme arranha-céu. O filme transformou Bruce Willis em astro internacional e está disponível no Star+.

Robocop – O Policial do Futuro (1987)

Nos anos 80, tivemos alguns exemplares criativos do gênero “filme policial”, que ousaram subvertê-lo acrescentando muitos elementos novos. É o caso com este blockbuster do diretor holandês Paul Verhoeven, que apresenta um policial numa violentíssima Detroit alguns anos no futuro. Ele é morto em serviço, e logo trazido de volta na forma de um ciborgue, meio homem, meio máquina – a nova resposta de uma corporação que deseja privatizar a força policial da cidade. ‘Robocop’ é mais que um filme de ação policial, é uma crítica social muito bem sacada. Disponível na Amazon Prime Video.

Máquina Mortífera (1987)

Não dá para falar de filmes policiais sem mencionar também um subgênero dentro deste gênero, ou seja, os “buddy cop movies”, ou filmes de parceiros policiais. Nos anos 80 (e talvez de todos os tempos), o maior exemplo deles é ‘Máquina Mortífera’, que une em tela o paizão americano (Danny Glover), com um policial que perdeu tudo e agora é suicida, fazendo dele uma bomba relógio (papel de Mel Gibson). O charme aqui, é claro, é a química da dupla. Mas obviamente não falta ação. ‘Máquina Mortífera’ ainda entregou uma continuação também nos anos 80, diferente dos itens acima, e está no panteão dos filmes do gênero da década. A franquia completa está disponível na HBO Max.

Um Tira da Pesada (1984)

Quando falamos dos filmes de ação policial mais queridos dos anos 80, não podemos nem pensar deixar de fora ‘Um Tira da Pesada’, filme que cimentou a carreira de Eddie Murphy como um grande astro de Hollywood. O filme havia sido pensado para ter Sylvester Stallone no papel principal, e seria mais sério. Com a entrada de Murphy, o comediante adicionou muito humor ao repertório, transformando o longa em um verdadeiro clássico – sobre um policial linha dura de Detroit (sempre esta cidade) indo até Beverly Hills num caso e tendo um choque cultural. Assim como o item acima, também gerou uma continuação ainda nos anos 80. A trilogia está disponível na Paramount+, com o primeiro também no Telecine.

Não deixe de assistir:

Cobra (1986)

Por falar em Sylvester Stallone, o rei da ação nos anos 80 desistiu de fazer ‘Um Tira da Pesada’ – e Eddie Murphy deve ter agradecido muito. Mas Stallone levou algumas ideias e conceitos que tinha para o filme da Paramount, e os transformou em ‘Cobra’, da Warner e Cannon. ‘Cobra’ é um filme bem mais barra pesada, repleto de suspense igualmente e até certo terror. O policial linha dura precisa proteger uma modelo de uma seita de assassinos em série, que possui informantes dentro da polícia. Embora não tenha a ressonância dos demais acima, se tornou um cult querido.

48 Horas (1982)

Antes de ‘Um Tira da Pesada’, Eddie Murphy já havia realizado uma estreia nas telonas muito satisfatória. Mas o comediante não é o policial desta equação, e sim o bandido – mas um bandido “bonzinho”. O tira durão da vez é o grandalhão loiro Nick Nolte, que faz valer sua truculência no papel de Jack Cates – investigando os assassinatos de dois colegas, ele persegue um foragido da prisão e seu comparsa. Para isso, precisa fazer uma inusitada parceria com um criminoso que os conhece bem, papel de Murphy. O filme de Walter Hill também marcou época e está disponível no Telecine.

Dirty Harry (1983 / 1988)

Sim, sabemos que o tira “sujo” Dirty Harry Calahan (eternizado por Clint Eastwood) surgiu ainda na década de 1970, na qual fez sua estreia em ‘Perseguidor Implacável’ (1971). O policial de Eastwood inclusive serviu de molde para todos os demais dos anos 80, e certamente todos os que estão nesta lista. Na mesma década de 70 teria ainda duas sequências, ‘Magnum 44’ (1973) e ‘Sem Medo da Morte’ (1976). Acontece que a popularidade do personagem chegaria até os anos 80 igualmente, onde estrearia mais dois filmes: ‘Impacto Fulminante’ (1983) e ‘Dirty Harry na Lista Negra’ (1988). Harry esteve lá antes, atirando primeiro e perguntando depois. Os cinco filmes estão disponíveis na HBO Max.

K-9 – Um Policial Bom para Cachorro (1989)

Certamente o que os produtores deste longa pensaram foi: “o que podemos fazer dentro do gênero para nos diferenciarmos dos demais? Que tal um filme de parceiros policiais em que um deles é um cachorro?”. E assim, por mais doido que possa parecer, nascia um clássico da Sessão da Tarde. Afinal quem não lembra do cão policial Jerry Lee, da raça Pastor Alemão, e de seu parceiro humano Dooley (James Belushi)? A narrativa aqui aposta na dinâmica de uma dupla disfuncional, acontece que um deles calhou de ser um peludo de quatro patas.

Tango e Cash – Os Vingadores (1989)

E se Eddie Murphy teve dois filmes memoráveis dentro do gênero para chamar de seu nos anos 80, por que não Sylvester Stallone também? Tudo bem que os dois filmes de Sly não são tão badalados quanto os de Murphy, e nem tão elogiados assim – apesar de serem igualmente cult. ‘Tango e Cash’ não foi um sucesso de crítica ou bilheteria na época de lançamento, caso contrário veríamos certamente outras aventuras do policial certinho Ray Tango (Stallone) e o amalucado Gabe Cash (Kurt Russell). Essa é a prova máxima, tudo o que dava certo tinha continuação, ‘Um Tira da Pesada’ e ’48 Horas’ tiveram, ‘Cobra’ e ‘Tanto e Cash’ não. Mesmo assim, com o passar dos anos, esse filme encontrou sua audiência. Disponível na HBO Max.

Uma Dupla Quase Perfeita (1989)

Finalizando a lista, temos o que podemos chamar de “filmes gêmeos”. E se você achou que um filme de parceiros policiais em que um deles é um cachorro era muito, que tal dois? E lançados no mesmo ano! E se ‘K-9’ recebia o sinal verde da Universal Pictures com James Belushi; a Disney (através da Touchstone Pictures) alistava Tom Hanks para seu filme de parceiros policiais com um cachorro. Sabe aquela história do “copia, mas faz diferente”? Então, aqui o cão não é um Pastor Alemão e sim da raça Dogue de Bordeaux (mais conhecido por sua baba incessante). Ou seja, “totalmente diferente”. O filme está disponível na Disney+.

Mais notícias...

Siga-nos!

2,000,000FãsCurtir
370,000SeguidoresSeguir
1,500,000SeguidoresSeguir
183,000SeguidoresSeguir
158,000InscritosInscrever

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

MATÉRIAS

CRÍTICAS