Quando ‘Solo: Uma História Star Wars’ foi lançado, muitos fãs reclamaram da escolha de Alden Ehrenreich como protagonista, já que o astro não é tão semelhante a Harrison Ford.

Pensando nisso, um canal do YouTube decidiu editar as cenas do spin-off inserindo o rosto de Ford no corpo de Ehrenreich, e o resultado ficou incrível.

Em menos de 48 horas, o vídeo já atingiu mais de 270 mil visualizações.

Assista:



Apesar das críticas ao filme, Ehrenreich concedeu uma entrevista ao Happy Sad Confused e revelou que gostaria de explorar o que aconteceu com Solo após os eventos do longa.

Aproveite para assistir:

“O que é legal sobre isso é a verdadeira diversão de [Han Solo], minha parte favorita do personagem, é algo que ganha vida no final do filme. É quando ele se torna o cara do fim, o cara que nós amamos. Então chegar nisso e partir disso é interessante, então vamos ver. Mas acho que agora eles estão inventando bastante sobre como usar ‘Star Wars’ e colocar nossas histórias de um modo diferente.”

No ano passado, o astro já havia sido questionado se toparia reprisar o papel, mas foi evasivo em sua resposta.



“Depende. Depende da história, de como seria feito. Acho que precisaria ser algo que se encaixasse com a saga, sabe?”, disse ao Comic Book. “‘Solo‘ abriu portas para várias histórias, como o grupo de assaltantes do deserto, a seita de Darth Maul, o destino de Qi’ra… Mas não sei [se há interesse me contar essas histórias].

Em entrevista ao SiriusXM, o diretor Ron Howard revelou que não há planos atuais para uma sequência:

“Não há planos para uma sequência atualmente e é incrível fazer parte de um filme da franquia ‘Star Wars’ que parece ter se tornado um sucesso tardio, pois não é o que você espera de um filme da saga. A jornada do filme tem sido interessante.”

Infelizmente, ‘Solo: Uma História Star Wars‘ decepcionou nas bilheterias, arrecadando apenas US$ 392.9 milhões pelo mundo, a partir de um orçamento de US$ 275 milhões.

Mesmo assim, a produção acumulou 70% de aprovação no Rotten Tomatoes. 

Assista nossa crítica:



 

Comentários

Não deixe de assistir: