Allison Mack, da série ‘Smallville‘, está oficialmente presa por recrutar escravas sexuais para o culto Nxivm. A atriz começou a cumprir sua pena duas semanas antes do previsto.

Originalmente, Mack ia iniciar a sua sentença no dia 29 de setembro, mas ela chegou ao Instituto Federal Correcional da Califórnia na última segunda-feira (13), conforme relatado em primeira mão pelo TMZ.

Vale lembrar que em junho a atriz foi condenada a cumprir três anos de prisão, além de ser obrigada a pagar uma multa de US$ 20 mil por seu papel como recruta de jovens mulheres para o culto de Keith Raniere, intitulado Nxivm.

As mulheres eram ludibriadas sob a falsa pretensão de que a instituição presava pelo bem-estar e pelo desenvolvimento das pessoas. No entanto, ao se envolverem com a organização, elas eram submetidas a uma lavagem cerebral e à escravidão, sendo ainda marcadas em seus corpos com as iniciais de Raniere.



Ao tentar se desligar do culto, as participantes sofriam perseguição e ameaças de morte por parte dos líderes.

Em outubro de 2020, Raniere foi sentenciado a 120 anos de prisão por extorsão, conspiração de extorsão, tráfico sexual, tentativa de tráfico sexual, conspiração de tráfico sexual, conspiração de trabalho forçado e conspiração para fraude eletrônica.

Aproveite para assistir:

No passado recente, Mack compartilhou o seu arrependimento por ter sido uma das peças fundamentais da macabra seita Nxivm. Por meio de um comunicado oficial obtido pelo portal The Hollywood Reporter, ela ponderou que se arrepende por “todo mal causado às pessoas que foram recrutadas” por ela e diz que este foi o maior erro de toda a sua vida.

A atriz, que havia se declarado culpada por conspiração e extorsão em abril de 2019, refletiu sobre o seu papel na seita sexual, se dirigindo “aqueles que foram prejudicados por minhas ações”:



“Agora é de suma importância para mim que eu diga, do fundo do meu coração, que sinto muito. Eu me joguei nos ensinamentos de Keith Raniere com tudo o que tinha. Eu acreditava, de todo o coração, que sua orientação estava me levando a uma versão melhor e mais iluminada de mim mesma. Dediquei minha lealdade, meus recursos e, em última análise, minha vida a ele. Esse foi o maior erro e pesar da minha vida. Sinto muito por aqueles de vocês que trouxe para Nxivm. Lamento por ter exposto vocês aos esquemas nefastos e emocionalmente abusivos de um homem distorcido. Lamento ter encorajado você a usar seus recursos para participar de algo que foi em última análise, tão feio. Não assumo levianamente a responsabilidade que tenho na vida das pessoas que amo e sinto um grande peso de culpa por ter abusado de sua confiança, conduzindo-o por um caminho negativo”.

Sobre o caso

Em 2019, os promotores acusaram Mack de recrutar escravas sexuais para Raniere (60) e seu subgrupo, DOS, descrito como uma sociedade secreta exclusivamente feminina de “mestres” e “escravas”, em que as mulheres eram supostamente forçadas a ser sexualmente subservientes a Raniere.

A carta de arrependimento de Mack veio acompanhada de um documento emitido por seus advogados, em que eles solicitam que ela não cumpra pena prisão, justamente por ter admitido a sua culpa diante da sociedade:

“Isso é deixado claro pela alocução do argumento da Sra. Mack, sua decisão de cooperar completa e totalmente com o governo, e é mais enfatizado em sua carta a este Tribunal, bem como seus esforços para demonstrar seu remorso ao público em geral e mais especificamente a aqueles que ela prejudicou. Portanto, não há necessidade de impor uma sentença adicional de prisão à Sra. Mack para obter uma dissuasão específica”.

Vale lembrar que a HBO possui uma série documental intitulada ‘The Vow‘, que se aprofunda em todos os crimes cometidos pela seita sexual e acompanha a luta de um grupo de pessoas, entre ex-participantes da instituição, que visa destruir o culto de Raniere.

Confira o trailer da 2ª temporada:



A produção gira em torno do culto sexual instituído pela organização NXIVM que contou com a atriz Allison Mack (‘Smallville’) em seu alto escalão.

De acordo com a HBO, a segunda temporada irá mostrar exclusivamente o “círculo interno” do líder da NXIVM, Keith Raniere, e se aprofundar nas vertentes da seita através dos EUA e México. Os novos episódios continuarão a acompanhar “a jornada legal e emocional dos fundadores do grupo e seus seguidores enquanto novas evidências e revelações chocantes ganham atenção nacional”.

A nova temporada estreia ainda em 2021.

A produção foi criada por Jehane Noujaim e Karim Amer.


A narrativa se aprofundará nas experiências das vítimas, que foram ludibriadas e pensavam estar se envolvendo com alguma iniciativa de empoderamento feminino, até que foram reduzidas à escravas sexuais.

DUAS atrizes de ‘Smallville’ são acusadas de recrutar escravas sexuais para seita

Atriz de ‘Smallville’ é acusada de “recrutar escravas sexuais” para poderosos de Hollywood

Comentários

Não deixe de assistir: