Criador de ‘Black Mirror’ revela que adora tecnologia, mas também tem MEDO dela

‘Black Mirror’ é, sem dúvida alguma, uma das séries de mais impacto da atualidade.

Além de ter revivido o formato antológico das produções ao lado de ‘American Horror Story’, por exemplo, a produção se tornou estandarte para narrativas distópicas e pessimistas sobre o avanço da tecnologia, conquistando uma legião de fãs ao redor do mundo, ainda que sua qualidade não tenha se mantido estável com o passar dos anos.

Agora, em uma recente participação ao podcast Recode Media, o criador Charlie Brooker revelou que adora tecnologia, mas que sente uma espécie de aflição catastrófica toda vez que algo novo está em desenvolvimento.

“Eu amo tecnologia, eu amo computadores”, ele contou. “Mas sou uma pessoa naturalmente preocupada. Sou uma pessoa que ‘catastrofiza’ em um piscar de olhos. E, muitas vezes, fico preocupado quando um novo desenvolvimento ou uma nova engenhoca nos dá poder – e a responsabilidade que vem com isso. E o quão fácil é de utilizar isso da maneira errada, ou as consequências não intencionais ou as consequências obviamente derradeiras… Normalmente, nossas tecnologias nos dão uma mão e nos dão um tapa na cabeça com a outra”.

Lembrando que as seis temporadas da antologia estão disponíveis na Netflix

Crítica | 6ª temporada de ‘Black Mirror’ é uma das mais FRACAS e decepcionantes da antologia

Espere o inesperado. Está de volta na Netflix a sombria e satírica série antológica de Charlie Brooker, que se reinventa a cada novo episódio. A sexta temporada de Black Mirror será a mais imprevisível, complexa e surpreendente de todas.

Os novos episódios são intitulados: “Joan Is Awful”“Loch Henry”“Beyond the Sea”“Mazey Day”“Demon 79”.

O elenco conta com Salma Hayek (‘Eternos’), Aaron Paul (‘Breaking Bad’), Zazie Beetz (‘Coringa’), Josh Hartnett (‘Pearl Harbor’), Michael Cera (‘Superbad – É Hoje’), Rory Culkin (‘Pânico 4’), Paapa Essiedu (‘Gangs of London’), Kate Mara (‘A Teacher’), Danny Ramirez (‘Top Gun: Maverick’), Clara Rugaard (‘I Am Mother’), Auden Thornton (‘This is Us’) e Anjana Vasan (‘Killing Eve: Dupla Obsessão’).

Não deixe de assistir:

Diferente da temporada anterior – que foi lançada em 2019 –, o sexto ano terá mais de três episódios. Além disso, os novos episódios serão mais longos e com um orçamento mais alto, elevando-os ao potencial de pequenos filmes.

Com caráter antológico, a série adota uma visão sobre a influência das novas tecnologias na vida moderna, criticando com histórias sobre sensações tecno-paranoicas e traçando o perfil da sociedade formada pelas mídias, sociais ou não. Poderia ser resumida como uma série que apresenta críticas à sociedade atual e que alerta sobre como ela, se continuar nesse ritmo, pode piorar a cada dia.

Mais notícias...

Thiago Nollahttps://www.editoraviseu.com.br/a-pedra-negra-prod.html
Em contato com as artes em geral desde muito cedo, Thiago Nolla é jornalista, escritor e drag queen nas horas vagas. Trabalha com cultura pop desde 2015 e é uma enciclopédia ambulante sobre divas pop (principalmente sobre suas musas, Lady Gaga e Beyoncé). Ele também é apaixonado por vinho, literatura e jogar conversa fora.

Siga-nos!

2,000,000FãsCurtir
370,000SeguidoresSeguir
1,500,000SeguidoresSeguir
183,000SeguidoresSeguir
158,000InscritosInscrever

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

MATÉRIAS

CRÍTICAS