Em ‘Doutor Estranho no Multiverso da Loucura’, Bruce Campbell volta a colaborar com o diretor Sam Raimi, com o qual trabalhou em ‘A Morte do Demônio‘ e na primeira trilogia do ‘Homem-Aranha’, lançada entre 2002 e 2007.

Na sequência, o astro interpreta um curioso vendedor de bolas de pizza em um universo alternativo e que acaba sendo enfeitiçado por Strange (Benedict Cumberbatch) depois de irritá-lo.

O feitiço faz o vendedor se socar durante três semanas, e ele aparece na 2ª cena pós-créditos para anunciar que o feitiço finalmente acabou, marcando um momento cômico do filme.

No entanto, Campbell achou que suas cenas seriam cortadas por conta das inúmeras refilmagens do longa.


Em entrevista ao The Hollywood Reporter, ele expressou sua surpresa:

Aproveite para assistir:



“Não acredito que minhas cenas foram incluídas. Eu costumava brincar que Benedict Cumberbatch não tinha certeza de que ele estaria no próprio filme porque eles estavam constantemente retrabalhando o enredo, e Sam tinha que filmar coisas adicionais que não estavam no roteiro original, então é um jogo de azar.”

Considerando que diversas cenas do longa foram deletadas, como o confronto entre Mordo (Chiwetel Ejiofor) e Wanda (Elizabeth Olsen), a preocupação de Campbell faz sentido, já que ele serviu apenas como alívio cômico.

Lembrando que ‘Doutor Estranho no Multiverso da Loucura‘ já arrecadou quase US$ 700 milhões nas bilheterias mundiais.


O longa da Marvel ultrapassou o filme de ação chinês ‘Water Gate Bridge‘, tornando-se a segunda maior bilheteria do ano. Além disso, falta menos de US$ 80 milhões para ‘Doutor Estranho 2‘ ultrapassar ‘Batman‘ (US$767.2M) e conquistar o título de maior bilheteria de 2022.

Nos EUA, a produção arrecadou US$ 291.8 milhões. No mercado internacional, foram US$ 396.2 milhões.

Ao total, o longa já arrecadou US$ 688 milhões mundialmente.

Apesar do sucesso, o site Deadline afirma que a grande queda de 67% no segundo final de semana – uma das maiores para uma produção da Marvel ao lado de ‘Viúva Negra‘ (-67.8%) e ‘Homem-Aranha: Sem Volta para Casa‘ (-67.5%) – indica que a reação negativa dos fãs e dos críticos pode ter afetado a estabilidade da produção nas bilheterias.

Assista à nossa crítica e siga o CinePOP no YouTube:



Não deixe de assistir: