De acordo com o Deadline, a Disney vai suspender a divulgação dos dados de bilheterias mundiais após o surto de Coronavírus, que obrigou o estúdio a adiar aguardados lançamentos.

A decisão vem logo após a notícia de que o preço das ações da companhia caíram rapidamente, passando de aproximadamente US$ 400 a US$ 100 num período de três semanas.

Através de um comunicado, os representantes da Disney explicaram a situação, mas não informaram se a decisão será permanente.



“Devido ao grande número de paralisações em diversas salas de cinema pelo mundo, a Disney vai suspender a divulgação em relação às bilheterias mundiais. Desejamos o melhor para você e sua família durante esse período de isolamento, evitem aglomerações e se cuidem.”

Há alguns dias, Bernie McTernan, analista financeiro da Rosenblatt Securities, revelou ao THR que Apple poderia adquirir todas as propriedades da Walt Disney Company agora que suas ações estão avaliadas abaixo dos US$ 100.

“Há companhias com enormes capitais financeiros que superaram o valor aquisitivo da Walt Disney Company nas últimas 3 semanas, como a Apple. A gigante tecnológica poderia tirar vantagem da situação facilmente. “eria uma ótima vantagem comprar a Disney e adicionar o conteúdo de streaming do estúdio nas plataformas iOS, além de criar novas estratégias para tirar proveito do potencial do estúdio.”

McTernan destacou que a Disney perdeu cerca de US$ 85 bilhões de seu valor de mercado nas últimas três semanas, e agora está avaliada em aproximadamente US$ 83 bilhões, enquanto a Apple Inc. soma US$ 107 bilhões.

Caso o valor continue afundando dessa forma, não vai demorar até que a Apple ou outras companhias demonstrem interessem na aquisição da Disney.



Lembrando que o presidente da Apple, Tim Cook, anunciou que as ações da empresa subiram 12% na última sexta-feira (13), valendo US$ 278.

Aproveite para assistir:



No entanto, a afirmação de McTernan é apenas uma hipótese, já que os executivos da Apple não se pronunciaram sobre nenhuma operação financeira em meio a crise, pelo menos por enquanto.

Anteriormente, o THR divulgou que a Disney deve perder até US$ 350 mil por dia devido aos ajustes necessários para conter a propagação do Coronavírus.

Até o momento, a companhia já fechou diversos parques e restaurantes ao redor do mundo, e precisou interromper a produção de filmes e séries, além do adiamento de aguardadas estreias, como ‘Mulan‘, previsto inicialmente para 26 de março.



Cerca de 70.000 cinemas da China ainda estão fechados e os Estados Unidos e os países da Europa estão proibindo reuniões públicas ou em ambientes fechados, o que resultaria em um prejuízo ainda maior caso o filme não fosse adiado.

Além disso, as gravações de ‘Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis‘ foi pausada por tempo indeterminado junto com a produção de ‘Falcão e o Soldado Invernal‘, que
estava sendo rodado em Praga, capital da República Tcheca.

E a estreia de ‘Os Novos Mutantes‘ foi adiada mais uma vez, agora sem previsão de estreia definida.

Anteriormente, o portal já havia divulgado que diversos estúdios sofreram prejuízos nas bilheterias mundiais por causa do surto, somando perdas de aproximadamente US$ 20 bilhões.

Lembrando que a MGM pode ter uma perda por volta de US$ 30/50 milhões por conta do atraso na estreia de ‘007 – Sem Tempo Para Morrer‘, adiado de abril para 25 de novembro deste ano.



A Universal Pictures também tomou medidas preventivas, optando por adiar a estreia de ‘Velozes e Furiosos 9‘ para 02 de abril de 2021. A medida não deve gerar grandes impactos financeiros ao estúdio, mas a surpreendentemente distante data pegou todos os fãs da franquia de surpresa.

Comentários

Não deixe de assistir:

🚨 INSCREVA-SE NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE 🚨http://bit.ly/CinePOP_Inscreva

SE INSCREVA NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE